Qual a diferença entre conexão e escala ?

Tanto na escala quanto na conexão haverá uma ou mais pausas durante a viagem. Contudo, a diferença será que na escala o passageiro não precisará sair do avião e, geralmente, o tempo de espera entre um voo e outro é curto. Já, na conexão é preciso sair e trocar de aeronave, sendo que o tempo de espera poderá variar entre 40 minutos ou várias horas.

Antes de falar mais detalhadamente sobre a escala e a conexão, que são opções de voos com pausas, é preciso lembrar que existe o voo direto, ou seja, sem nenhuma pausa. O voo direto é a opção mais rápida, mas quase sempre a mais cara.

Escala

Como dito, nesta opção o passageiro não precisará descer do avião antes do destino final. Geralmente, as escalas acontecem para que alguns passageiros possam desembarcar ou embarcar na aeronave, sendo comum também o abastecimento da mesma durante a pausa.

É preciso deixar claro que, o passageiro não poderá deixar a aeronave durante a escala. Via de regra, é uma pausa rápida.

Conexão

A conexão é uma modalidade de pausa que envolve a troca de aeronaves. Dessa forma, o passageiro precisará descer no aeroporto que não é seu destino final e trocar de avião para dar sequência à viagem. É possível que essa pausa seja rápida, com tempo de espera inferior a 1 hora, ou longa, com tempo de espera superior a 2 horas.

Se a espera for longa é interessante sair do aeroporto e explorar o destino da conexão. É claro que será preciso planejar bem essa saída, pois caso isso não aconteça você poderá perder seu outro voo. Não aconselhamos considerar sair do aeroporto se a conexão for inferior a 4 horas.

No caso de conexões de 8 horas ou mais é possível turistar pelo destino com mais tranquilidade. Para ilustrar, imagine que seu voo faça conexão em Londres e do aeroporto até a região central da cidade você gaste 1 hora de deslocamento de trem. Considerando o tempo da ida e da volta, você terá 6 horas para curtir a cidade. É preciso levar em conta o prazo que precisa chegar antes no aeroporto para pegar o segundo voo, ou seja, uns 60 minutos. Só aí já foram 3 horas, considere também uma margem de segurança de 1 hora para possíveis imprevistos. Neste caso, você terá 4 horas para conhecer alguns pontos turísticos da cidade.

Stopover

Por fim, dependendo da companhia aérea é possível fazer um stopover, que é uma conexão de 1 a 3 dias. Se o seu voo tiver alguma escala ou conexão antes do destino final e a companhia disponibilizar stopover, você poderá ficar mais tempo no destino da pausa, sem pagar mais caro por isso. Contudo, os gastos com alimentação e acomodação serão por conta do passageiro, sendo assim coloque isso no seu planejamento financeiro. O objetivo do stopover é estimular o turismo no país da pausa, sendo que todos saem ganhando, visto que o passageiro terá a chance de conhecer um destino diferente sem pagar mais caro pela passagem.