Intercambio

Intercâmbio na África do Sul: tudo que você precisa saber antes de ir!

Fazer intercâmbio é uma experiência que muda a vida de qualquer pessoa! Basta você conversar com alguém que já teve a oportunidade de viver a experiência e perguntar se ela voltou diferente, com certeza a resposta será sim! O intercâmbio na África do Sul vai deixar essa vivência mais enriquecedora, visto que lá você vai conviver com diferentes culturas, poderá conhecer mais sobre a história do Apartheid e fazer safari, tudo enquanto aprende inglês!

Antes de bater o martelo e decidir fazer intercâmbio na África do Sul é interessante você saber um pouco mais sobre o país e nas próximas linhas a gente vai te ajudar com isso, ok?!

Intercâmbio na África do Sul

Vamos considerar um intercâmbio em Cape Town, que é o destino mais indicado para curtir ao máximo essa experiência.

Localização

A África do Sul fica localizada entre os oceanos Atlântico e Índico, no sul do continente africano. O país faz fronteira com a Namíbia, Moçambique, Botsuana, Zimbábue, Lesoto e Essuatíni (antigo Suazilândia).

Cape Town ou Cidade do Cabo está situada no sul da África do Sul e é a segunda maior cidade do país, está atrás apenas de Joanesburgo. Atualmente, há voos diretos saindo do Brasil para as duas cidades. O deslocamento não é tão demorado, em média 9 horas de voo separam o Brasil da África do Sul.

Leia também:
– Tipos de visto para a Irlanda: quais são e como funcionam?
– 8 informações que você precisa saber antes de fazer intercâmbio na Nova Zelândia

Visto

Brasileiros não precisam de visto para permanecer no país por até 90 dias, sendo que podem passear e estudar durante esse tempo, mas não podem trabalhar.

No entanto, o governo exige que o visitante tenha em mãos os seguintes documentos:

  • Passaporte válido. É preciso que a validade seja de, no mínimo, 1 mês, contados a partir do dia que o estudante voltar para o Brasil. Ainda, é necessário que o passaporte tenha, pelo menos, uma folha totalmente em branco.
  • Certificado Internacional de Vacinação para comprovar que está vacinado contra febre amarela.
  • Passagem aérea de volta.

Pensando em aproveitar ao máximo os 90 dias, você poderá estudar por 10 semanas, por exemplo, e deixar duas semanas somente para viajar e praticar o inglês, no final do intercâmbio.

Se desejar fazer um intercâmbio na África do Sul por período superior a 90 dias é necessário procurar o Consulado e obter um visto específico.

Intercâmbio na África do Sul

Vista aérea de uma das praias do país. Ao fundo, está a Table Mountain.

Moeda

A moeda oficial do país é o rand, que é desvalorizado com relação ao real, ao dólar americano, euro e libra. Ao fazer seu intercâmbio na África do Sul você poderá levar reais ou dólares americanos (o mais indicado) e trocar por rand lá.

A dica é trocar apenas uma pequena quantidade no aeroporto e deixar o resto para trocar em alguma casa de câmbio na cidade mesmo, visto que as taxas do aeroporto costumam ser mais caras.

Custo de vida – intercâmbio na África do Sul

Como dissemos no tópico acima, a moeda do país é desvalorizada com relação ao real, ou seja, o dinheiro do Brasil vale mais na África do Sul. Colocando na ponta do lápis os custos do intercâmbio você chegará a conclusão que é mais barato fazer intercâmbio na África do Sul do que na Europa, América do Norte ou Oceania.

Para ilustrar, vamos comparar o preço de um combo do McDonalds. Na Cidade do Cabo este combo custa R$23,15. Já, em São Paulo ele custa R$33 e em Londres ele custa R$45. Em Vancouver, no Canadá, o mesmo combo custa R$46 e em Dublin custa R$47,80. Dessa forma, você percebe que se alimentar na África do Sul não é caro.

paisagem

Vista aérea de uma das muitas paisagens de tirar o fôlego.

Idioma

A África do Sul possui 11 idiomas oficiais, quais sejam Inglês, Africâner, Zulu, Ndebele, SeSotho do norte, SeSotho do sul, Suázi/Suazi, Xhosa, XiTsonga/ ChiTsonga/ShiTsonga, seTswana e Venda. A população aprende o inglês ainda na escola, sendo matéria obrigatória. As demais línguas variam de acordo com a “tribo” a que a pessoa pertence.

Essa diversidade cultural exemplificada pelas várias línguas oficiais contribui para transformar o intercâmbio na África do Sul em uma experiência riquíssima!

Outras informações para intercâmbio na África do Sul

  • Capital: a África do Sul possui 3 capitais, sendo Pretoria a sede Executiva, Cidade do Cabo a sede Legislativa e Bloemfontein a sede Judiciária.
  • Voltagem: 220 – 240 volts.
  • Tipo de tomada: é um modelo de 3 pinos, porém difetente do brasileiro. Assim que chegar no país, compre um adaptador.
  • Fuso horário: a África do Sul está 5 horas na frente do Brasil. Dessa forma, quando em Brasília é 8h da manhã, em Cape Town serão 13h.

Safari

Falar sobre intercâmbio na África do Sul e não falar sobre safari é impossível. Enquanto estiver no país não deixe de viver essa experiência fantástica! Se puder, visite um dos parque nacionais, como o Kruger. Nestes lugares os animais vivem soltos, na savana, que é seu habitat natural. É emocionante vê-los livres!

Intercâmbio na África do Sul

Família de elefantes vistos durante um safari.

De forma alguma faça turismo predador e que explore os animais, como aqueles passeios que permitem sentar nas costas do elefante ou fazer carinho em leões. Quem faz esse tipo de turismo está sendo conivente com a prática predatória e incentivando que ela continue acontecendo.

Outra dica bacana, é alugar um carro e fazer um road trip. Perto de Cape Town tem uma das rotas mais famosas do continente, a Garden Route. Mas, se for alugar um carro, lembre-se que lá eles dirigem na mão inglesa, ou seja, no lado “contrário” da pista. Ahh, quando for verifique a necessidade de ter a PID (Permissão Internacional para Dirigir).

Leia também:
– Intercâmbio de inglês no Canadá: Toronto ou Vancouver?
– Dicas para aprimorar o inglês antes do intercâmbio

Agora você já sabe o básico para fazer seu intercâmbio na África do Sul! E aí, animado para viver essa experiência maravilhosa? Se ainda tiver alguma dúvida sobre o destino ou quiser um orçamento para saber quanto custa um intercâmbio lá, basta entrar em contato com um de nossos consultores!

Até mais!