Capital e sede do Governo: Dublin
Sistema político: República Parlamentar
Área: 70.273km²
População: 4.761.865 habitantes
Densidade demográfica: 29 hab./km²
Língua oficial: Irlandês e Inglês
Moeda: Euro
Pib per capita: $74,493
Código de telefone: +353
Código ISSO: IRL
Código de Internet: .ie

A bandeira nacional da Irlanda são três cores: verde, branco e dourado. Esta bandeira, que ostenta as cores verde para os irlandeses católicos, laranja para os protestantes irlandeses e branca para a paz desejada entre eles, data de meados do século XIX. A bandeira ostentando essas três cores foi aberta pela primeira vez em público pelo jovem irlandês Thomas Francis Meagher que, usando o simbolismo da bandeira, explicou sua visão da seguinte maneira: “O branco no centro significa uma trégua duradoura entre o” Laranja “e o” Verde “. Acredito que sob suas dobras as mãos do protestante irlandês e do católico irlandês possam ser abraçadas pela generosa e heroica fraternidade “. O colega nacionalista John Mitchel disse: “Espero ver aquela bandeira um dia acenando como nossa bandeira nacional”.

Após o seu uso no Levante de 1916, tornou-se amplamente aceito pelos nacionalistas como a bandeira nacional, e foi usado oficialmente pela República da Irlanda (1919-1921) e pelo Estado Livre Irlandês (1922-1937).

Em 1937, quando a Constituição da Irlanda foi introduzida, essas cores foram formalmente confirmadas como a bandeira nacional: “A bandeira nacional é o tricolor de verde, branco e laranja”. Enquanto o tricolor hoje é a bandeira oficial da Irlanda, não é uma bandeira oficial na Irlanda do Norte, embora às vezes seja usada não oficialmente.

A economia irlandesa está se tornando cada vez mais diversificada e sofisticada e integrando-se na economia global. Tudo começou em 1973, quando a Irlanda aderiu à Comunidade Económica Europeia [CEE], precursora da Comunidade Europeia [CE] e da União Europeia [UE], ao mesmo tempo que o Reino Unido. No início da década de 1990, já havia se transformado em uma moderna economia industrial e gerou uma renda nacional substancial que beneficiou toda a nação. Embora a dependência da agricultura ainda permanecesse alta, a economia industrial da Irlanda produzia produtos sofisticados que rivalizavam com a concorrência internacional. O boom econômico internacional da Irlanda na década de 1990 foi chamado de Tigre Celta.

Localizado a noroeste do continente. O seu território não está fisicamente ligado à Europa, tendo em vista que ocupa uma grande ilha situada a oeste do Reino Unido. O território irlandês abrange uma área de 70 284 km², onde vivem cerca de 4,5 milhões de habitantes.

O país atualmente ocupa um lugar de destaque no quesito socioeconômico, pois possui a quinta melhor renda per capita do mundo e o quinto melhor IDH (Índice de Desenvolvimento Humano) do planeta, apresentando uma elevada qualidade de vida.

A Ilha tem um clima úmido e ameno com temperaturas médias são de 4 °C no inverno e 16 °C no verão, aproximadamente. O clima sofre grandemente a influência da corrente do Golfo, uma corrente oceânica quente que sobe do equador e passa pelas ilhas Britânicas. No inverno, ventos do oeste, soprando por cima das águas.

Os ventos oceânicos também carregam muita chuva para a Irlanda. As chuvas mais intensas caem nas regiões montanhosas perto do litoral ocidental. A média pluviométrica (de chuva) nessa região é de cerca de 1 500 mm por ano, havendo alguns pontos que alcançam 2510 mm por ano. As planícies recebem cerca de 760 mm de chuva por ano. As inundações constituem problema em algumas partes do país, nas estações chuvosas.

O sul e o oeste da Irlanda constituem o mais longo período propício de cultivo agrícola nas ilhas Britânicas, devido ao seu clima moderado e chuvas abundantes. Em muitas áreas dessa região, as pastagens chegam a poder ser utilizadas durante o inverno.

Considerado o país que mais contribui com o mundo, a Irlanda está em ascensão, com muita qualidade de vida e moradores bem receptivos. Ótimo lugar para estudantes temporários, temos certeza de que você irá aprender muito com o povo irlandês além de se apaixonar por cada detalhe dessa ilha.