O que fazer na hora de comprovar os 3000 euros obrigatórios na imigração? Quais a opções? Os tempos mudaram um pouco desde quando eu fiz o meu processo, na época eu simplesmente abri a conta no banco antes de ir na imigração (era mais rápido e menos burocrático) e levei o extrato do dinheiro já na minha conta na Irlanda. Mas atualmente pouquíssimas pessoas conseguem fazer isso, então apareceram outras opções, vou explicar um pouquinho de cada uma delas para vocês.

TRAZENDO O DINHEIRO EM ESPECIE

POSTAL ORDER

Você deve ir até os “Correios” Irlandeses, para os íntimos GPO – General Post Office, levando passaporte e seu rico dinheirinho para trocar por postal orders ou bank draft, nomes diferentes para a mesma coisa, que é nada mais nada menos espécie de cheque nominal. Esse postal order é emitido para, no máximo, 650 euros, normalmente para conta sair redondinha eles emitem de 600 em 600, então são 5 para dar os 3000 euros. O valor pago é de 22,18 euros. Se quiser trocar mais dinheiro, em caso de se sentir mais seguro até ter outra opção você pode, mas pagará separado por cada cheque extra. Tudo isso é bem rápido, então você pode ir até no mesmo dia do seu agendamento, porém o recomendando é sempre fazer antes e ficar tranquilo no dia. Mas fique esperto para não perder esses cheques, caso isso aconteça, deve-se ir ao post order o mais rápido possível e abrir uma espécie de boletim de ocorrência, porém a apuração pode levar até 6 meses, então evite dor de cabeça e cuide deles.

Com os cheques em mãos, você poderá ir na imigração comprovar.

É importante ressaltar que, para sacar o valor do cheque, não é possível fazer por partes, apenas o valor total, ou seja, sacar os 600 euros de uma vez só, mas você pode fazer isso no outro dia se precisar, não tem que esperar.

O IOF para compra de dinheiro em espécie é de 1,1%.

TRAZENDO COMPROVANTES IMPRESSOS

EXTRATO DE UMA CONTA NO BRASIL

É uma opção, mas, há controvérsias. Já escutei histórias de que o agente da imigração não aceitou, por achar que a conversão usando o euro do dia não era suficiente, conversa vai, conversa vem, não aceitaram e pronto. Então por mais que seja possível, use apenas em última opção. Para usar, o extrato deverá ser em inglês e com data recente e a conta deverá estar no seu nome e o cartão dessa conta deve estar com você no momento, pois é com ele você fará o pagamento da taxa do visto de 300 euros.

O IOF das transações internacionais feitas nesse tipo de situação é de 6,38%.

VTM

É um cartão de viagem pré-pago que você recarrega no Brasil e pode usar no exterior e acaba sendo a forma mais segura de trazer e comprovar seu rico dinheirinho. Leve o extrato do seu VTM (não pode ter mais de 30 dias) em inglês e está feito. Além de comprovar você ainda pode pagar a taxa de 300 euros do visto usando seu cartão.

O IOF para o valor que você colocar no cartão é de 6,38%.

Independente da forma que você escolha o recomendado é trazer pelo menos uns 400 euros no cartão VTM para que você possa pagar o IRP na hora e já deixar tudo certo, então é só esperar ele chegar na sua casa, caso contrário você terá que ir no banco pagar o boleto que eles irão emitir e esperar 15 dias até que você volte no office da imigração e retire seu cartão.

DICA EXTRA: NÃO TRAZER APENAS 3000 EUROS. Eu particularmente recomendaria 4500 euros, foi o que eu trouxe. Imagine que até você tirar o visto já terá gastos com alimentação, primeiro aluguel + depósito, agasalhos… Então se programe para não viajar com o dinheiro contado.